Posted on 20 de junho de 2017

Limites nos apontam novas possibilidades

Portanto, quer comais quer bebais ou façais qualquer outra coisa,

fazei tudo para a glória de Deus. (I Cor 10,31).

Outro dia escutei a partilha de três senhoras que estão em terapia de grupo para se recuperar após sofrerem um AVE (Acidente vascular encefálico). Cada uma delas ficou com uma seqüela na fala, na perna e no braço direito. Uma delas chorava por não conseguir mexer a mão direita e uma das outras, que sofre das mesmas limitações, disse em meio a sua extrema dificuldade de pronunciar as palavras: “Amiga, você tem uma mão esquerda e ela está ótima! Você pode fazer muita coisa com ela. Eu cozinho, lavo a louça e varro a casa sozinha.”

Diante da fala entrecortada e embolada desta jovem senhora de 46 anos para sua amiga também em recuperação e um pouco mais velha, fiquei a meditar sobre o valor que damos para as pequenas bênçãos de cada dia. Você já pensou o quanto é abençoado por abrir os olhos a cada manhã? Todos nós possuímos potências e fraquezas físicas, emocionais e espirituais. O mais importante é glorificar a Deus através de nossas vidas. É possível dar glórias a Deus incessantemente! Basta que nossa vida se torne um sacrifício de louvor. Para tanto é preciso que mudemos nosso olhar sobre nós mesmos e sobre a vida. É preciso cultivar a gratidão e ter um espírito disposto a valorizar o bem, como diz São Paulo na carta aos Filipenses: “Além disso, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é nobre, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, tudo o que é virtuoso e louvável, eis o que deve ocupar vossos pensamentos.”

Deixemos para trás toda murmuração, valorizemos as inúmeras graças que recebemos diariamente de Nosso Bom Deus. Que bom seria se fossemos sempre movidos pelo Espírito Santo em um movimento constante de louvor ao Senhor. Os limites que nos deparamos são oportunidades de crescermos, de nos superarmos, de amadurecermos, mas só faremos deles essa oportunidade se avançarmos.

Vamos iniciar uma experiência nova? Vamos juntos desejar e nos empenhar para em tudo que fizermos darmos glória a Deus? Vamos oferecer tudo ao Senhor, Ele que é a origem e fim de tudo.

Tenho certeza que experimentaremos mais paz e uma nova vida se iniciará, pois o Espírito Santo será nossa força neste caminho espiritual. Caminhemos na simplicidade de nosso cotidiano, sabendo que Deus recolherá cada uma de nossas humildes ofertas e nos ajudará a superar todos os limites que a vida nos apresentar.