Bangladesh

por

O governo de Bangladesh, no sul da Ásia, anunciou que vai construir 14 mil abrigos para receber integrantes de uma minoria religiosa que sofre perseguição no país vizinho – Mianmar. O mundo assiste a mais uma fuga em massa. São homens, mulheres, crianças e idosos escapando do que a ONU chamou de “risco de faxina étnica” em Mianmar. Os muçulmanos da etnia rohingyas não são bem-vindos no país de maioria budista, onde moram há várias gerações. Eles são considerados imigrantes ilegais, sem cidadania, sem direitos. Em três semanas, cerca de 400 mil buscaram abrigo no país vizinho, Bangladesh. Fugiram a pé, em barcos, nadando. Muitos estão isolados na margem do rio que faz fronteira entre os dois países.

Fonte:  G1

compartilhar

Postagens Recomendadas