Zimbabwe

por

O corpo da Irmã Plaxedes Kamundiya foi encontrado em uma barragem em Mutemwa por um grupo que realizava buscas desde seu desaparecimento. A religiosa, de 49 anos, ensinava na Fartman House, no Colégio de St George em Harare,  Zimbábue. Ela era muito conhecida na região onde estava comprometida com a educação e iniciativas de solidariedade. No domingo, 22 de outubro, a religiosa foi até a Comunidade Mãe da Paz, em Mutoko, para preparar um dia de ensino. Ela dirigiu-se até o Santuário da Cruz Gloriosa da Vida para rezar, justamente o local onde, segundo algumas testemunhas, teria ocorrido a agressão. A Irmã foi assassinada com um tiro na cabeça e provavelmente sofreu violências sexuais. A polícia prendeu um suspeito, Enock Potani, de 20 anos, no povoado de Chouriri, que confessou ser o autor do assassinato. Irmã Plaxedes Kamundiya aumenta a triste lista dos 9 agentes pastorais assassinados na África em 2017 enquanto cumpriam sua missão.

FONTE:http://br.radiovaticana.va/news/2017/10/27/encontrado_corpo_de_religiosa_assassinada_no_zimb%C3%A1bue/1345464

compartilhar

Postagens Recomendadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *