100 RAZÕES PARA SEGUIR A JESUS – JEREMIAS

Jeremias era filho do sacerdote Hilquias, de Anatote, região do território de Benjamim. O Senhor se dirigiu a ele em sua juventude dizendo: “Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses de sua mãe, te santifiquei; às nações te dei por profeta”(Jr 1,5) Jeremias respondeu: “Ah, Senhor Deus! Eis que não sei falar; porque ainda sou um menino.”(Jr1,6) Mas o Senhor o enviou para falar ao povo como profeta e prometeu colocar na boca de Jeremias, as Suas próprias palavras. Nesse diálogo, Deus ainda prometeu: “Eu velo sobre a minha palavra para cumpri-la.”(Jr 1,12) E ainda: “Eu sou contigo para te livrar.”(Jer 1,19)
Jeremias foi profeta por aproximadamente 40 anos, durante os últimos cinco reis de Judá, até o exílio da Babilônia. Obediente ao Senhor, ele exortava o povo ao arrependimento dos seus pecados, condenava a idolatria e proclamava a ruína de Jerusalém. Mas o povo não queria escutar e se converter. Foram anos de sofrimento e perseguições. Ele foi ameaçado de morte, desacreditado, caçoado, amaldiçoado, zombado e escarnecido.
O Senhor o chamou de forma especial para anunciar sua mensagem também com a vida e o orientou a não se casar e nem ter filhos como um sinal vivo das provações que o exílio traria. Na verdade, pelo teor de sua profecia, tão rechaçada pelo povo, Jeremias sofreu muito e em seus inúmeros sofrimentos elevava a Deus suas angústias livremente. Ele chegou ao extremo de amaldiçoar seu nascimento, expressando ao Senhor, o desejo de nunca ter nascido.
Mas foi fiel a Deus por toda sua vida, reconheceu a presença do Senhor com ele e a vitória divina sobre o mal. Proclamou o Senhor como um Valente terrível, Vencedor de seus inimigos. Reconheceu Deus como o Senhor dos Exércitos, que provava o justo e o concedia a vitória.
A profecia de Jeremias é mesclada com a sua vida, mas também com elementos do cotidiano. Deus se revelou na visita na casa do oleiro, no episódio do cinto de linho apodrecido , na compra de um terreno, entre outros fatos da vida corriqueira.
Em um de seus diálogos com Deus, disse: “Seduziste-me, ó Senhor, e deixei-me seduzir; mais forte foste do que eu, e prevaleceste.” (Jr 20,7) Mostrando que o amor de Deus supera todos os sofrimentos inerentes da missão de anunciá-Lo.
Grandes e numerosos foram os apuros que Jeremias passou. Certa vez, foi jogado em uma cisterna funda e cheia de lama; uma grande humilhação e um risco real de lá morrer sem água e comida. Mas nenhuma das circunstâncias externas foi capaz de fazer calar o anúncio do profeta de Deus. Não há narração sobre sua morte, mas a fidelidade ao Senhor foi a marca de sua vida.

O chamado e a história de Jeremias nos mostram mais quatro motivos para seguirmos Jesus:

  •  O chamado de Deus é anterior ao nosso nascimento. Ele nos ama antes mesmo que fôssemos formados no seio de nossa mãe e nos reveste de uma missão particular.
  • A vocação de Jeremias vem acompanhada de promessas e como Deus garante na vida do jovem profeta cumprir a Sua Palavra, assim também faz com aqueles que O seguem hoje.
  • A força de Jesus é uma força de sedução, de amor apaixonado e apaixonante. Seguir Jesus é ousar experimentar essa força sedutora do maravilhoso Amor Dele.
  • São Paulo, na segunda carta aos Coríntios, relata que muitas vezes viu-se em perigo de morte. O seguimento de Jesus não exclui sofrimentos e também riscos. Mas tanto São Paulo como Jeremias terminam seus dias sem decepcionar suas esperanças.

 

compartilhar

Anajúlia Gabino Mendes

Formadora Geral da comunidade e consagrada da comunidade de vida. Casada com Rodrigo Serva Maciel nosso fundador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *